CONTER realiza auditoria em processo de compra da nova sede do órgão

0
79
20/08/2020

 

 

Decisão partiu do próprio 7º Corpo de Conselheiros que, de maneira unânime, optou por contar com um parecer externo que demonstre a regularidade e as vantagens da aquisição e da reforma do prédio
Em 2019, o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER) inaugurou, em Brasília, a sua primeira sede administrativa própria: um imóvel que comportou grande parte da estrutura do órgão, que até então era dividido em salas individuais, a maioria alugada, em um prédio empresarial da capital federal. O investimento, conduzido pela diretoria executiva do biênio 2017-2019, foi importante para dar mais ferramentas para o Conselho Nacional melhor desenvolver as suas funções públicas.
Para evidenciar a regularidade e as vantagens da transação para a categoria, que diretamente financiou a compra do imóvel, o CONTER contratará, por meio de licitação pública, uma empresa de auditoria independente, que irá analisar todo o processo de aquisição e reforma das novas instalações. A iniciativa partiu do próprio 7º Corpo de Conselheiros que, em reunião plenária, decidiu por dispor de mais uma ferramenta de transparência e controle. O serviço de auditoria também analisará toda a gestão da diretoria executiva anterior.
Para o presidente da Comissão de Tomada de Contas (CTC), o conselheiro federal TNR. Marcos Júnior, o Marcos da Saúde, o órgão apenas cumpre com o dever de dar clareza às suas movimentações financeiras, sobretudo uma tão expressiva. “É legítimo que a categoria cobre da Autarquia Federal detalhes de como o dinheiro da sua anuidade está sendo investido e é um compromisso do 7º Corpo de Conselheiros manter a política de prestar essas informações de maneira clara e honesta. Esta auditoria vem cumprir com esse propósito”, defende Marcos Júnior.
O representante da CTC pondera, ainda, que a postura deveria ser adotada por todos os representantes da administração pública, “não apenas para atender à lei, mas também como instrumento de aproximação entre o Conselho e a comunidade radiológica. Esta prestação de contas é fundamental para que cada profissional se reconheça como parte fundamental  dos processos que ocorrem no CONTER. É satisfatório observar o interesse dos profissionais pela responsabilidade financeira da instituição”, complementa o conselheiro.
O resultado do trabalho será compartilhado com a categoria nos meios de comunicação oficiais do Conselho Nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here